Resultados

Resultados Consolidados

3.480.335

laudos de exames

116.065

teleconsultorias atendidas

R$ 204M

de economia gerada pela redução de encaminhamentos

780

municípios atendidos

Laudos de exames realizados até Dezembro 2017

O Centro de Telessaúde e a Rede de Teleassistência de Minas Gerais emitiram em dezembro de 2017 o total de 26.044 laudos de eletrocardiogramas, 42 laudos de Holter, 14 laudos de MAPA e responderam 1.000 teleconsultorias, gerando uma economia de R$ 1.541.656,80 pela redução de encaminhamentos. As pesquisas de satisfação respondidas, em dezembro de 2017, apontam que 92% dos usuários declararam-se satisfeitos com as respostas obtidas pelas teleconsultorias. A pesquisa apontou também que dos atendimentos realizados, em 78% dos casos evitou-se o encaminhamento dos pacientes a outros níveis de atenção com o uso do sistema de teleconsultoria.

A cada mês uma faixa populacional será selecionada e o respectivo município apresentado.

Destaques do mês: Rio Pardo de Minas – de 20.001 até 50.000 habitantes.

No próximo mês, destacaremos o município com maior produção na faixa populacional acima de 50.000 habitantes.

 

CIDADE DESTAQUE – Teleconsultorias

Dezembro/2017

Rio Pardo de Minas– MG

 

População estimada IBGE 2017: 31.016 pessoas  

História de Rio Pardo de Minas – MG

A povoação teve sua origem na mineração de ouro e diamantes praticada por Portugueses, nas serras do atual distrito de Serra Nova. O comércio era estabelecido diretamente com a capital da Bahia e com as cidades de Condeúba, Jacaraci, Caculé e Feira de Santana. Sabe-se que a primeira expedição que pisou terras do atual município foi a denominada Espinosa Navarro, procedente de Caravelas, que percorreu todo o vale do Rio Pardo até entrar no município de Espinosa.
Rio Pardo, deve o seu nome ao rio de igual nome, em virtude de serem suas águas de cor parda e lamacentas. Predominavam em todo o município as grandes fazendas de propriedades dos primeiros povoadores portugueses, que as exploravam com os trabalhos dos escravos negros. E desde aquela época toda a atividade econômica do município girava em torno da agricultura e da mineração.

Fonte: IBGE Cidades. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=315560/>. Acesso em: 4 de janeiro de 2018.

Veja outros relatórios

Para saber mais sobre outros relatórios acesse o link abaixo:

todos os relatórios