Implantação da Plataforma Nacional de Telediagnóstico no Acre


04.09.2017

A equipe da Rede de Teleassitência de Minas Gerais (RTMG) se encontra no estado do Acre para dar início à implantação da Plataforma Nacional de Telediagnóstico. No mês de agosto, foi realizada reunião no Centro de Telessaúde do HC-UFMG com a equipe do Telessaúde Acre juntamente com a equipe do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS – HUOL – UFRN)  para atualização e treinamento da nova Plataforma.

Reunião da equipe do Telessaúde Acre e LAIS – HUOL – UFRN no Centro de Telessaúde do HC-UFMG

Hoje, dia 04/09, o coordenador do Centro de Telessaúde do HC-UFMG, Antonio Luiz Pinho Ribeiro, juntamente com Beatriz Alkmim, co-coordenadora do Centro, Renato Minelli, consultor de gestão e economia, Carlos Souza e Túlio Henrique Silva da equipe de tecnologia da informação participaram de uma reunião na Secretaria de Estado de Saúde (SESACRE) em Rio Branco e seguem para o município de Xapuri, onde o sistema será implantado em seis unidades básicas de saúde (UBS). Na quarta-feira, dia 06/09, a implantação será realizada no município de Rio Branco em uma UBS.

A equipe da RTMG dará sequência à fase de implantações no município de Tarauacá, onde nove estabelecimentos terão o sistema instalado e os profissionais de saúde treinados no dia 18/09, e em seguida nova fase está prevista para acontecer no município de Cruzeiro do Sul.

Na RTMG, o tele-eletrocardiograma é a principal modalidade de exame de telediagnóstico realizado. Já foram realizados 3,3 milhões de ECG pelo sistema de telessaúde, o que torna a RTMG um dos maiores serviços de telediagnóstico do mundo. O reconhecimento precoce do acometimento cardíaco em condições crônicas, como na hipertensão, e o reconhecimento de condições que exigem o tratamento rápido, como o infarto agudo do miocárdio e as arritmias cardíacas são aplicações úteis e eficazes da tele-eletrocardiografia.  A redução dos encaminhamentos de pacientes e a possibilidade de comunicação entre os profissionais dos locais remotos com os grandes centros são também potenciais benefícios do telediagnóstico.

Reunião na SESACRE

 

Reunião na SESACRE

 

Veja mais fotos