FAQ

Questões administrativas

Na página do Centro de Telessaúde do Hospital das Clínicas da UFMG (www.telessaude.hc.ufmg.br) clique na caixa de “TELECONSULTORIAS”. A seguir clique em “ACESSE O SERVIÇO”. Para recuperar usuário e senha clique em “RECUPERAR USUÁRIO/SENHA”. Preencha então com o e-mail cadastrado inicialmente e escolha a opção de recuperar usuário e/ou senha. Caso seu problema de acesso (login e/ou senha) persista, gentileza entrar em contato com o suporte técnico online disponível no site www.telessaude.hc.ufmg.br.

Não. As teleconsultorias são realizadas diretamente no site, utilizando-se de login e senha cadastrados no serviço.

Não. O nosso serviço é somente de teleconsultorias, serviço de segunda opinião entre profissionais, utilizando de ferramentas da Telessaúde. Infelizmente não podemos passar o contato de nossos profissionais.

A Rede de Teleassistência de Minas Gerais disponibiliza treinamentos online agendados por meio do e-mail: treinamento.tc@hc.ufmg.br. Caso necessário, entrar em contato com o suporte técnico online disponível no site www.telessaude.hc.ufmg.br.

Envie seu currículo para o e-mail: tele-educacao@hc.ufmg.br

A oferta do serviço de teleconsultoria, em Minas Gerais, pelo Centro de Telessaúde do Hospital das Clínicas da UFMG/RTMG está associada a duas iniciativas: 1. Federal: Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes, financiado pelo Ministério da Saúde; 2. Estadual: Programa Tele Minas Saúde, financiado pela Secretaria de Estado de Saúde. Além disso, na esfera nacional, o serviço de teleconsultoria é um dos pilares de apoio aos programas PROVAB e “Mais Médicos para o Brasil”. Assim, para acesso ao serviço de teleconsultorias, o município deverá estar vinculado a uma dessas iniciativas ou programas. Em Minas Gerais, a oferta do serviço de teleconsultorias também é feita pelo Núcleo Faculdade de Medicina da UFMG.

Para qualquer alteração de cadastro ou desativar profissionais cadastrados no sistema de teleconsultorias, enviar essa solicitação com maiores detalhes para o e-mail: cadastro.rtmg@gmail.com

Basta entrar em contato com a secretária do polo responsável pelo seu município:

- Polo Montes Claros - Telefone: (38)3224-8374

- Polo Uberlândia - Telefones: (34)3218-2050 / (34)3212-9241

- Polo Juiz de Fora - Telefones: (32)4009-5174 / (32) 4009-5189

- Polo Divinópolis - Telefone: (37)3221-1246

Podem utilizar o sistema de teleconsultoria profissionais de nível superior, técnicos em enfermagem e saúde bucal, além de agentes comunitários de saúde que trabalhem na Atenção Primária à Saúde, estejam vinculados aos municípios atendidos pela Rede de Teleassistência de Minas Gerais, com registro profissional ativo e que estejam com o cadastro CNES atualizado. O cadastro pode ser realizado na área “NOVO CADASTRO” na página de Teleconsultorias (http://www.telessaude.hc.ufmg.br/servicos/teleconsultorias/).

Questões técnicas

Ao perceber que os traçados do ECG não estão estabilizados, é necessário:

- Verificar se as “perinhas” estão furadas ou sem pressão;

- Verificar se a parte de metal da braçadeira está quebrada;

- Verificar se a braçadeira está frouxa;

- Verificar se as “perinhas” e braçadeiras estão sujas;

- Retirar as “perinhas” da região precordial e verificar se o traçado estabilizou.

Caso estabilize, coloque as “perinhas” novamente e tente fazer o exame.

Se o problema persistir, envie para o polo mais próximo (Belo Horizonte ou Montes Claros) o aparelho de eletro e o cabo para avaliação.

Modelo Micromed 2N: É preciso configurar leitura por leitura. Selecione dentro do exame os canais um por um.

Exemplo: DI - Clique com o botão esquerdo do mouse em cada canal e selecione a Sensibilidade para 20 = 2N. Faça isso em todas as derivações.

Modelo TEB - Selecione o ícone “N” que fica ao lado do ícone “JANELA” e modifique para “2N”.

Para receber o laudo de ECG, acesse a página principal do site telessaude.hc.ufmg.br, clique na caixa “TELEDIAGNÓSTICO” e em seguida “ACESSE O SERVIÇO”. Preencha o login e senha de acesso do município e selecione “CONFIRMAR”. Clique então em “RECEBER ELETRO” e selecione o laudo desejado. Para abrir o exame, clique na figura da impressora. Caso a nova página com o laudo não abra, verifique se o pop-up do seu navegador está bloqueado. Caso esteja bloqueado, será preciso desbloquear e clicar novamente no exame para visualizar.

Os eletrocardiógrafos digitais requerem os mesmos cuidados de conservação de outros equipamentos eletrônicos. Não devem ser submetidos a pancadas, quedas, exposição prolongada ao sol, à poeira excessiva, altas temperaturas, umidade ou penetração de líquidos. Em ambientes hospitalares, é comum que equipamentos eletrônicos sejam danificados devido à penetração de líquidos. Para evitar que isso ocorra, não manuseie medicamentos sobre os equipamentos. Caso ocorra de algum líquido molhar acidentalmente o aparelho, o mesmo deve ser desligado e a assistência técnica solicitada imediatamente.

Para limpar o eletrocardiógrafo digital, antes de tudo, desligue-o (retire o cabo USB do módulo). Use apenas um pano macio umedecido em uma solução de água e sabão neutro, tomando o cuidado de não molhar os conectores ou a parte interna do módulo. Nunca use solventes ou produtos abrasivos.

Para limpar o eletrodo proceda da seguinte forma:

1- Desconecte o eletrodo do paciente.

2- Elimine o excesso de gel. Limpe os eletrodos com água quente e sabão.

3- Enxague-os cuidadosamente para eliminar qualquer traço de sabão e seque-os.

O procedimento deve ser seguido normalmente, porém na ultima aba “HIPÓTESE DIAGNÓSTICA” há um campo com o nome “OBSERVAÇÃO” onde serão relatadas as condições específicas do paciente, para que o cardiologista fique ciente.

Os eletrodos são aplicados logo acima do punho e do tornozelo. Se uma extremidade tiver sido amputada, o eletrodo pode ser aplicado no coto. Utilizar de preferência uma “perinha” ou um eletrodo descartável.

Recomendamos ao paciente descansar por cerca de dez minutos após caminhadas ou qualquer outra atividade física ou de vida diária.

Recomenda-se uma sala específica para realização do ECG, utilização de maca com colchão emborrachado e rodas de borrachas ou protetores. Evite usar ou deixar o celular dentro da sala de ECG, desligue ventilador e ar condicionado. Utilize somente os eletroeletrônicos na sala quando não estiver realizando a captura do traçado. Evite utilizar uma sala que tenha outro aparelho médico, como aparelho de ultrassonografia.

A dextrocardia é uma condição congênita rara em que o coração fica do lado direito do peito ao invés do esquerdo. Para realizar o exame, inverta todas as posições conforme imagem abaixo: imagem-13-faq

Questões científicas

Todo o material elaborado pela RTMG fica disponível no site do serviço na aba “Tele-educação”. O conteúdo também pode ser acessado na plataforma ARES da UNASUS.

O acesso às webaulas promovidas pela RTMG é livre e liberado quinze minutos antes do horário marcado para iniciar a aula, através do site telessaude.hc.ufmg.br. Não é necessário realizar cadastro prévio, basta preencher os dados solicitados no momento em que o acesso for liberado.

Os certificados serão disponibilizados para download um dia após a webaula através do link http://telessaude.hc.ufmg.br/cursos/certificado.php e serão preenchidos de acordo com os dados informados no momento do acesso, para os participantes que assistirem à aula desde o início. Todos os participantes devem preencher os dados para receberem o certificado.

Questões gerais

O agendamento de consultas no Hospital das Clínicas segue o fluxo da Saúde Pública. Não há a possibilidade de agendamento via Telessaúde.